Especial: O mundo Natureza

Publicado: 27 de janeiro de 2009 em ESPECIAL

 

 Nesse primeiro especial do Blog, vou falar sobre a Natureza, irei contar sobre  a flora e fauna e as conseqüências que o aquecimento global está causando para o nosso planeta. Contarei como ilustrações, fotos de diferentes paisagens, animais e diversificadas plantas.

 

A Natureza é um grande bem global e abriga diversas espécies de animais e plantas. A expressão Natureza  vem do latim: natura, naturam, naturea ou naturae e aplica-se a tudo aquilo que tem como característica fundamental o fato de ser natural: ou seja, envolve todo o ambiente existente que não teve intervenção antrópica, que é nada mais nada menos que a intervenção humana. Existem aproximadamente 24 tipos de ecossistemas terrestres , que são o conjunto formado por todos os fatores bióticos e abióticos que atuam simultaneamente sobre determinada região. Os fatores Bióticos são os animais, plantas e bacterias, e os abióticos são os fatores externos como a água, o sol, o solo, o gelo e o vento.

Os Animais

Os animais são seres heterotróficos, ou seja, buscam no meio onde vivem seu alimento, como plantas e outros animais para sobreviverem, diferentimente das plantas, que são autotróficos cujas células incluem um ou mais organelos especializados na produção de material orgânico a partir de material inorgânico e da energia solar: os cloroplastos. No reino animal, vivem seres de diferentes caracteristicas, como os animais mamiferos, que se caracterizam pela presença de glândulas mamárias nas fêmeas, que produzem leite para alimentação dos filhotes (ou crias), e a presença de pêlos ou cabelos; os peixes que vivem nos rios e oceanos e possuem nadadeiras no lugar de braços; os anfibios que constituem a classe de animais vertebrados, onde característica mais marcante dos seres vivos da classe é o seu ciclo de vida dividido em duas fases: uma aquática e outra terrestre, apesar de haver exceções; as aves que contituem uma classe de animais vertebrados, bípedes, homeotérmicos, ovíparos, caracterizados principalmente por possuírem penas, apêndices locomotores anteriores modificados em asas, bico córneo e ossos pneumáticos, entre outras classes .  Hoje, algumas especies de animais estão em extinção, que é o desaparecimento de especies de animais de mesmas especieis, como a Arara-Azul, Leopardo, Urso Polar, Tigre, Tartaruga Marinha, Borboleta-da-Restinga, etc. Mas não são só os animais que estão ameaçados de extinção, as plantas também, como o Pau Brasil, Jacarandá, Cedro, Mogno, entre varias outras.

As plantas

O Reino Plantae, Metaphyta ou Vegetal é um dos principais grupos em que se divide a vida na Terra (com cerca de 350.000 espécies conhecidas, incluindo uma grande variedade: ervas, árvores, arbustos, plantas microscópicas, etc). São, em geral, organismos autotróficos cujas células incluem um ou mais organelos especializados na produção de material orgânico a partir de material inorgânico e da energia solar: os cloroplastos. No entanto, o termo planta, ou vegetal, é muito mais difícil de definir do que se poderia pensar. Lineu definiu o seu reino Plantae incluindo todos os tipos de plantas “superiores”, as algas e os fungos. A maioria das algas não são mais classificadas como pertencentes ao Reino Plantae. As algas compreendem diferentes grupos de organismos que produzem energia através da fotossíntese, cada um dos quais evoluindo independentemente de ancestrais não-fotossintéticos diferentes. As mais conhecidas são as macroalgas, algas multicelulares que podem se assemelhar vagamente a plantas terrestres, mas classificadas como algas verdes, vermelhas e castanhas.  Mas além das algas, exitem diversas outras  plantas, como as  briófitas que confinam-se a ambientes húmidos – é a água que faz a dispersão dos esporos – e mantêm-se pequenas durante todo o seu ciclo de vida caracterizado pela alternância de duas gerações: um estádio haplóide (o gametófito) e um estádio diplóide (esporófito), um exemplo de briófitas é o musgo. Também tem plantas de grandes e pequenos portes, como Palmeiras e Pinheiros e rosas e matos rasteiros. A verdade é que existe uma grande diversidade de plantas também. Algumas ameaçadas de extinção, como foi citado acima. As plantas são de inumera importancia para o equilibrio ambiental.

 Homem x Natureza

A relação homem-natureza não é recente, vem de lá da pré-historia, onde os homens das cavernas ultilizavam a natureza para seus bens pessoais como: alimentação, moradia, e armas para se defender e buscar presas. Daí, com a evolução humana, o ser humano começou a abusar dos bens naturais para consumo industrial e comercial, sem pensar nas consequencias causadas. Hoje o mundo vive em um intenso calor, como se o sol estivesse se aproximando. A verdade é que o  calor está tão forte que nem as regiões mais frias do mundo estão resistindo a essa ação. Como isso irá acabar? É impossivel de dizer ao certo, mas podemos fazer algumas previsões. O derretimento das geleiras além de ter feito com que os animais que ali habitavam perdessem seu lar, aumentou e continua aumentando o nivel dos mares, fazendo assim com que as cidades que ficam proximas ou no nivel do mar, sejam tomadas por fortes e catastroficas ondas gigantes. Isso não implica só na vida animal não! As plantas não conseguem fazer fotossintese pois acabam não purificando o ar, retirando o gás carbônico liberado na nossa respiração ou na queima de combustíveis, como a gasolina, e conseqüentemente, não liberando oxigênio para a atmosfera. Elas que são o “pulmão humano”, sofrem com o aquecimento global também. A verdade é que nenhum ser vivo aguenta essa pressão de mudanças climaticas que acabam desregulando os ciclos de vidas existentes na Terra.

O que fazer para mudar esta situação?

São inumeras soluções que podem ajudar a combater o Aquecimento Global, entre elas estão:

  • Diminuir o uso de combustíveis fósseis (gasolina, diesel, querosene) e aumentar o uso de biocombustíveis (exemplo: biodíesel) e etanol.

  • Os automóveis devem ser regulados constantemente para evitar a queima de combustíveis de forma desregulada. O uso obrigatório de catalisador em escapamentos de automóveis, motos e caminhões.

  • Instalação de sistemas de controle de emissão de gases poluentes nas indústrias.

  • Ampliar a geração de energia através de fontes limpas e renováveis: hidrelétrica, eólica, solar, nuclear e maremotriz. Evitar ao máximo a geração de energia através de termoelétricas, que usam combustíveis fósseis.

  • Sempre que possível, deixar o carro em casa e usar o sistema de transporte coletivo (ônibus, metrô, trens) ou bicicleta.

  • Colaborar para o sistema de coleta seletiva de lixo e de reciclagem.

 

Nesse especial Não consta todas as informações sobre os temas abordados, caso tenha alguma duvida, procurar em um livro ou internet. Mas agradeço a sua atenção.

comentários
  1. Esse trabalho vale a pena expandir pois mundo precisa desesperadamente tomar consciência da veracidade desses fatos. Continui investindo no tema.

  2. flaviabomfim disse:

    É verdade se cada um ajudar um pouquinho vai dar tudo certo, A mata atlântica por exemplo é um ótimo tópico a ser abordado. Parabéns!

  3. Gabily (: disse:

    Carah, amei aqui, tá lindo, e tem posts super interessantes, parabéns viu? ^-^

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s