Do you speak English?

Publicado: 21 de março de 2009 em ESPECIAL

Do you speak English?   

 

    Talvez essa seja uma pergunta muito fácil, talvez não. Mas o que realmente chama atenção é que essa pequena interrogação vem se tornando muito freqüente ultimamente. As empresas vêm exigindo de seus empregados pelo menos duas línguas, a nativa e outra, principalmente o inglês. Mas será que isso realmente é importante? Será que é necessário aprender outra língua, já que você trabalha e vive em um país que fala outra língua totalmente diferente? A verdade é que as empresas de todo o mundo querem funcionários bem qualificados e que saibam falar outra língua. Mas por que o inglês? Muitas pessoas consideram o inglês como uma língua Universal, ou seja, que é falada em quase todos os países do mundo. Embora a maioria da população brasileira não tenha acesso às aulas de inglês, tanto em cursos, quanto na escola, ele está no nosso cotidiano. Seja nas ruas, na Internet, no mercado de trabalho ou na alimentação, o inglês fica mais próximo de nós e muitas vezes acabamos adotando algumas palavras que se tornam presentes em nosso vocabulário. 

 Inlgês no Brasil ou Portunhês?  

 

      Que o inglês vem tomando conta do Brasil, isso nós não podemos negar, afinal, muitas palavras de origem inglesa vêm devagarzinho e acabam tomando conta de nós. Isso acontece em todos os setores. Muitas dessas palavras têm uma outra palavra correspondente no português, ao exemplo temos: o famoso Hot Dog, na verdade é o cachorro quente, mas que muitas vezes é chamado pela palavra em inglês, devido a influencia que esta língua está exercendo sobre nós. O mesmo ocorre com a palavra Best Seller, que significa, nada mais nada menos que “mais vendido”, porém devido também ao fator influencia, acabamos falando o inglês. São inúmeros os exemplos de palavras em inglês que tem um significado em português assim como produtos light e diet, playground, outdoors, drink, barman, mouse, e-mail, site, bank, etc. Quando misturamos o inglês com o português acabamos formando uma nova língua? O Portunhês? Não sei ao certo, mas creio que sim, afinal, quem nunca disse para alguém: – Bye, bye! Até amanhã – Ou até mesmo – Ok, Ok…? São essas pequenas expressões que acabam deixando o nosso querido português de lado. Mas também existem palavras que devido ao estrangeirismo ser tão forte, não existe outro significado além do inglês. Isso ocorre com as palavras Cd player, DVD player e outras.

    É comum vermos muitas palavras ou expressões em inglês no nosso dia-a-dia. Mas além das palavras “soltas” ou expressões popularmente faladas, existem aqueles lugares onde o inglês se acentua mais, principalmente na área profissional. Em uma certa viagem ao Pelourinho em Salvador, eu vi algo muito interessante voltado à questão do Turismo. Os guias estavam mostrando o centro histórico de Salvador para turistas ingleses. E eles se comunicavam muito bem. Em uma tentativa de aproximação amistosa, tentei me comunicar com algum dos turistas, mas não obtive sucesso. Mas vamos esquecer esse detalhe! O que achei impressionante foi que os guias falavam com a maior naturalidade e isso me inspirou. O inglês tanto se torna ferramenta de trabalho para aqueles que ensinam e tomam cursos da língua inglesa quanto para os que trabalham com tecnologia, Internet, bolsa de valores e outros setores relacionados á economia.

 

 ____________________________________________________________

    Para comprovar como o inglês está presente em nossas vidas, fiz uma entrevista com 10 pessoas do Colégio Cruz das Almas e de outros lugares e constatei o seguinte resultado:

 

 

Gráfico 1: Qual a importância do inglês?

 

       De dez dos entrevistados entre os dias 17, 18 e 19 de março deste ano, seis responderam que o inglês é importante para a questão profissional, fato citado anteriormente. Dois disseram que a importância do inglês está relacionada ás questões econômicas, como transações bancárias, importação e exportação de produtos e também a alta valorização do dólar. Uma pessoa disse que o inglês é importante, pois é sua ferramenta de trabalho e outra disse que o mesmo é importante, pois sempre é bom termos conhecimento sobre outra cultura.

 Gráfico 2: Onde você vê mais o inglês?

 

     Aos mesmos entrevistados da pesquisa anterior, eu fiz a seguinte pergunta: Onde você mais vê o inglês?  Cinco pessoas afirmaram que vêem mais o inglês nas músicas, duas nos filmes e na escola ou curso, e uma disse que sente mais a presença do inglês em seu ambiente de trabalho.

 Gráfico 3:  Qual o seu nível de inglês?

 

 Dos dez entrevistados, 50% afirmam que são iniciantes quando se trata da língua inglesa. Duas pessoas dizem que por terem mais experiência com a língua, consideram seu inglês Avançado. Porém há um empate entre Intermediário, Fluente e básico, com um voto.

 Gráfico 4 : Estrangeirismo no Brasil

 

Este gráfico revelou que, em uma disputa muito acirrada, mais de 50% dos entrevistados são á favor do estrangeirismo no Brasil e perdendo por muito pouco, 40% disseram que são contra, pois já temos uma cultura e uma língua para seguir, então não precisa necessariamente o uso continuo do inglês com o português. 

  Dicas para aperfeiçoar seu Inglês 

 

     Sabemos que o inglês é uma língua meio difícil de se aprender, principalmente quando se fala da pronuncia, pois muitas vezes devemos “dobrar” muito a língua para podermos falar algumas palavras. A audição também atrapalha um pouco, pois muitas palavras se parecem e ás vezes, acabamos nos confundindo. Mas para você que quer aprender inglês e usá-lo com fluência, eis aqui o meu conselho: Sempre procurem aprimorar e praticar essa língua, pois é algo muito importante. Uma vez eu senti muita dificuldade em falar inglês, mas depois percebi que tudo é questão de pratica, e isso não vale só para o inglês.  Ouçam bastante musicas, pois ajuda tanto na audição quando na pronuncia. Assistir filmes em áudio inglês e legenda em português e vice-versa é uma boa pratica também. E uma dica que eu considero muito fundamental é: Sempre que puder conversar com alguém em inglês, converse, pois isso ajuda muito no seu aprendizado.

 

 

 

 Agradeço as pessoas que foram entrevistadas por terem me ajudado nesse projeto.

 

comentários
  1. bells disse:

    Caaara, paguei pau, veeery good my dear friend !
    you’re so inteligent and cute, you go far way !

  2. mandy disse:

    muuito mara ² , inglês sempre presente em nossas vidas🙂

  3. Pablo disse:

    Não acho muito anormal a questão da influência do inglês na nossa língua.Já houve o tempo em que o francês era mais presente no dia-a-dia dos brasileiros,agora é o inglês,temos palavras originadas do grego,de línguas africanas…
    O que acho ruim é essa exigência,muitas vezes exagerada,feita por empresas que,em alguns casos e cargos,nem precisam de um funcionário com conhecimentos em alguma língua estrangeira.
    Claro que há também alguns estrangeirismos que chegam a irritar,como delivery e rent-a-car.
    Mas não é por isso que o português vai acabar.
    Abraços e parabéns pelo blog!

  4. bidestilado disse:

    “Agradeço as pessoas que foram entrevistadas por terem me ajudado nesse projeto.” Por nada G… ^^
    Véi gostei muito do tema abordado, continue assim.

  5. Nanda Lemos disse:

    Eu naum sou muito fã d inglês naum… + com essa postagm, agent akba percebendo o quanto nós estamos sendo kda vez mais influênciados pela tal língua “Universal”.
    Fez percebr ki até sem querer agent akba falando em inglês..!

    É axo kii tenho ki começar a me acostumar com essa língua se eu realmente quiser um bom emprego futuramente..!

    Ps.:Congratulations for your subject matter
    {hsuahsuh}

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s